Governo de Presidente Prudente
Presidente Prudente é bom viver aqui
Fale Conosco

RSS Notícias

Vigilância Epidemiológica confirma 2º caso de Leishmaniose Visceral Americana em 2017

Segunda-feira, 13 de Novembro de 2017

A Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) confirmou nesta segunda-feira (13) mais um caso de Leishmaniose Visceral Americana (LVA) em uma criança de 1 ano e 8 meses, moradora do Jardim Prudentino. A criança encontra-se internada desde o dia 06/11. Trata-se do segundo caso deste ano. O primeiro foi em maio deste ano, no Jardim Cinquentenário.

Com a confirmação, a VEM iniciou a partir desta segunda-feira (13) o trabalho de orientação da população, solicitando a retirada de toda matéria em decomposição encontradas nos quintais, como: galhos de árvores, madeiras, móveis velhos, frutos, folhas.

A orientação é que os materiais sem acondicionadas em sacos e colocadas nas calçadas, para o recolhimento. De acordo com a VEM, o recolhimento será realizado por caminhão.

O órgão também orienta que os moradores façam a podas de árvores, deixando que os raios solares cheguem ao chão. “Pois, o mosquito palha que é o transmissor da Leishmaniose, se reproduz entre o solo e a matéria em decomposição sombreada”, explica a diretora da VEM, Elaine Bertacco.

Com a conclusão do manejo ambiental, limpeza dos quintais, começará a borrifação, que é realizada dentro e fora do imóvel. Todas as orientações e precauções sobre a borrifação serão feitas por um agente.

O agente agendará o melhor dia e horário para o morador, onde será assinado um termo de compromisso, e o descumprimento deste termo acarretará em penalidades, sob a Lei n°9.249/16 Art.35 § IV.

A VEM pede para que o morador se comprometa estar no dia previamente agendado e com o imóvel devidamente preparado como orientado pelo agente para aplicação do inseticida.

Conforme texto da lei, o morador que dificultar a ação fiscal no exercício das atividades previstas nesta Lei, em especial a recusa pelo proprietário, em permitir o ingresso do agente de saúde, para fins de inspeção, verificação, orientação, informação, aplicação de inseticida. Caso o morador descumpra, a advertência e/ou multa é de 300 UFMs.

Casos LVA em Prudente:

Em Presidente Prudente, o primeiro caso de Leishmaniose Visceral em humano foi confirmado em 2013. O segundo caso em 2014.

Em 2016, foram dois casos. Em 2017, duas confirmações, em maio e setembro. Totalizando, seis casos de LVA registrados em Prudente nos últimos cinco anos.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Versão para impressão Imprimir

Últimas Notícias

acesso rápido

Pesquisa


Mais Acessados

Destaques

Denúncia CCZTelefones Procon

Fale com a Prefeitura

Canal direto para você entrar em contato e tirar dúvidas, solicitar informações, etc...

Encontre-nos



MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE
Av. Coronel José Soares Marcondes nº 1200. CEP: 19010-081
Presidente Prudente - São Paulo Telefone: (18)3902-4400
CNPJ: 55.356.653/0001-08