Uma ação conjunta entre o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Condef), Coordenadoria da Pessoa com Deficiência e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública (Semob) vistoriou as botoeiras sonoras instaladas nos semáforos das principais vias de Presidente Prudente. A iniciativa também integra a programação do Maio Amarelo.

A vistoria foi acompanhada pelo presidente do Condef, Salvador Neto, pelo supervisor de cadastro da Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, Milton Takao Mizukawa, e por Selma Maria Neto, que faz parte da equipe de educação de trânsito da Semob e conselheira do Condef.

Os pontos vistoriados foram os cruzamentos da Santa Casa; Avenida Coronel José Soares Marcondes com a Rua Barão do Rio Branco; Avenida Coronel José Soares Marcondes com a Rua Rui Barbosa;Avenida Coronel José Soares Marcondes com a Tenente Nicolau Maffei; Avenida Manoel Goulart com a Rua Hugo Miele;Avenida Manoel Goulart com a Rua Mariana de Matos e Rodoviária.

De acordo com Salvador Neto, o objetivo da fiscalização é analisar a operacionalidade dos dispositivos, se estão adequados para a utilização por deficientes visuais, deficientes físicos, idosos e crianças, além de identificar novos pontos que necessitam da tecnologia.

“Muitas pessoas não utilizam por desconhecer a funcionalidade, que é uma importante tecnologia para a travessia com segurança. É necessário pressionar o botão por aproximadamente cinco segundos, até o primeiro aviso sonoro, comando que solicita o fechamento de todos os pontos focais. A travessia deve ser feita pelo pedestre após o segundo aviso sonoro, que tem o som mais alto e constante”.

Dentre os pontos vistoriados, foi constatado que o tempo para a travessia precisa ser estendido. “Vamos solicitar à Semob que o tempo seja estendido, pois verificamos que o pedestre tem poucos segundos para a travessia com segurança”, mencionou o presidente do Condef.

Também foi verificada a necessidade de manutenção no dispositivo instalado na travessia entre a Avenida Coronel José Soares Marcondes com a Tenente Nicolau Maffei. “A Semob já havia constatado a necessidade da manutenção. Aqui será necessária a substituição da fiação, que já está programada para ser realizada”, afirmou a servidora que integra a equipe da educação de trânsito da Semob e o conselho do Condef, Selma Maria Neto.

Ainda segundo Selma, a população pode solicitar a instalação de botoeiras sonoras em outras localidades, caso necessário. O pedido pode ser feito na Semob, na Coordenadoria da Pessoa com Deficiência ou por meio do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência.

Os contatos para novas solicitações são condef@pprudente.sp.gov.br, inclusao@presidenteprudente.sp.gov.br, semob@presidenteprudente.sp.gov.br, (18) 3222-3221 - Condef, (18)3222-1881 - Coordenadoria e (18)3908-7011 - Semob.

Fonte: Secretaria de Comunicação