Clemente Nascimento traz rock e Literatura no Festival Literário de Prudente
menu Governo de Presidente Prudente

Clemente Nascimento traz rock e Literatura no Festival Literário de Prudente

Quarta-feira, 15 de Maio de 2019

Clemente Nascimento traz rock e Literatura no Festival Literário de Prudente

Clemente Nascimento, um dos grandes nomes do Rock dos anos 1980, confirmou presença no Festival Literário de Presidente Prudente que acontece de 10 a 18 de agosto no Centro Cultural Matarazzo. O bate-papo com o fundador da banda tem livro publicado com Marcelo Rubens Paiva, será conduzido por Ricardo Girardi (Karburalcool).

Clemente Nascimento é guitarrista, vocalista e compositor, um dos fundadores da banda Inocentes, clássica banda de Punk Rock paulistana, nascida em 1981, e desde 2004, também assumiu um dos vocais e guitarras da Plebe Rude, clássica banda de rock de Brasília.

É apresentador dos programas, Showlivre.com na TV Cultura, Estúdio Showlivre, no site Showlivre.com e apresenta o programa Filhos da Pátria na rádio Kiss FM de São Paulo, além do programa História do Rock Brasileiro na Play TV.

Com o Inocentes, lançou em 2014 o álbum Sob Controle pela gravadora Substancial Music e Nação Daltônica o novo disco da Plebe Rude. Em 2016 Clemente, lança seu primeiro disco solo Clemente & A Fantástica Banda Sem Nome pelo selo HBB e seu livro em parceria com Marcelo Rubens Paiva chamado, Meninos em Fúria pela Companhia das Letras.

Mas sua carreira começou antes, em 1978, como baixista da banda, Restos de Nada, considerada a primeira banda punk brasileira, com quem gravou um álbum homônimo em 1988. Com o Inocentes gravou 13 álbuns e participou de várias coletâneas no Brasil e no exterior. Participou do primeiro registro sonoro de bandas Punks brasileiras a coletânea Grito Suburbano em 1981, do antológico festival O Começo do Fim do Mundo no SESC Pompéia em 1982 e da coletânea com o mesmo nome, lançada no mesmo ano, com o registro ao vivo das bandas participantes do festival. Além do compacto,Miséria e Fome, de 1983, lançado na Alemanha pelo selo Weird System, isso tudo quando ainda era baixista da banda. Em 1984, assumiu os vocais e foi para a guitarra, junto com o Inocentes deixou o front do movimento Punk para engrossar as fileiras do Rock Paulista. Tocou no mesmo palco de bandas como Ira, Mercenárias, Patife Band, Ultraje a Rigor, Camisa de Vênus e etc... Em 1986, Clemente e o Inocentes assinaram com a toda poderosa Warner Music, na época WEA, foram à primeira banda Punk brasileira a assinar com uma multinacional. Levados pelo titânico Branco Mello que produziu junto com Pena Schimth o mini LP Pânico em SP. Foram quatro anos de Warner e três discos lançados, o último pela gravadora foi produzido por Roberto Frejat do Barão Vermelho, que em parceria com Clemente compôs a música “Fios Elétricos” que está no álbum “Supermercados da Vida” do Barão Vermelho e entrou na trilha sonora da minisérie global “Sex Appeal”, que lançou Luana Piovanni, entre outros. Com os Inocentes gravou mais dez álbuns por várias gravadoras, Eldorado, Cameratti, Abril Music, Ataque Frontal. Com Thaíde e DJ Hum, fez uma versão rap de “Pânico em SP” que saiu na coletânea, “No Majors Baby”, produzida pelo jornalista Marcel Plasse, gravou com Maricenne Costa, Walter Franco, Paulinho Barnabé. Como produtor, Clemente, produziu o primeiro disco da banda 365, várias coletâneas e os álbuns de Skamoondongos, Garotos Podres, Boi Mamão, Skuba, Pavilhão 9 entre outros, quando era produtor artístico na gravadora Paradoxx Music.

Também foi produtor musical do extinto programa da TV Cultura “Musikaos”, junto com Gastão Moreira, ex-MTV, com quem produziu o documentário “Botinada” que conta a história do punk paulistano de 1978 a 1984, destaque até nas revistas nova yorquinas URB e MAXIMUM ROCK’N’ROLL.

Foi curador dos projetos, “Hoje o Rock Saiu”, “Roda de Rock”, “Os Roqueiros Também Amam” e “O Fim do Mundo Enfim”, todos no SESC Pompéia o último foi em 2012, e dos projetos “Rock 40 Graus” no SESC Santo André, “Na Rota do Rock Paulista” no SESC Presidente Prudente, do palco “Jam Sessions: Jazz, Blues e Rock” na Virada Cultural de 2008.

Hoje, Clemente apresenta dois programas no site Showlivre.com, um se chama “Pé na Porta”, programa de entrevistas bem humorado e o outro “Estúdio Showlivre”, por onde passaram as mais diversas bandas, do rock ao samba, em apresentações ao vivo. A gravadora Warner relançou todos os títulos que o Inocentes gravou por lá em 2011, sendo que o EP Pânico em SP ganhou uma edição comemorativa, com seis músicas inéditas gravadas pela formação atual da banda e o DVD Rachando o Concreto ao Vivo da Plebe Rude concorreu a Grammy Latino, além de participar do festival Lollapalooza no Brasil e no Chile em 2012. Em 2014 a Plebe Rude lançou Nação Daltônica e o Inocentes o CD Sob Controle, as duas bandas estão na estrada divulgando seus trabalhos. Em 2016 Clemente, lança seu primeiro disco solo Clemente & A Fantástica Banda Sem Nome pelo selo HBB e seu livro em parceria com Marcelo Rubens Paiva que se chama Meninos em Fúria pela Companhia das Letras, disponível na Biblioteca Municipal no Centro Cultural Matarazzo.

#SomosPrudente

Governo de Presidente Prudente

Fonte: Secretaria de Comunicação

Outras notícias

Unidades Administrativas
Últimas Notícias
Acesso Rápido

Município de Presidente Prudente

Av. Coronel José Soares Marcondes nº 1200. CEP: 19010-081 Presidente Prudente - São Paulo Telefone: (18)3902-4400 CNPJ: 55.356.653/0001-08