Agentes de endemias recebem treinamento sobre Georreferenciamento no combate ao AedesGoverno de Presidente Prudente
Presidente Prudente é bom viver aqui
Fale Conosco

RSS Notícias

Agentes de endemias recebem treinamento sobre Georreferenciamento no combate ao Aedes

Terça-feira, 5 de Dezembro de 2017

Agentes de endemias recebem treinamento sobre Georreferenciamento no combate ao Aedes

Presidente Prudente será o primeiro município do país a implantar um sistema totalmente digitalizado e em tempo real para combater focos do mosquito Aedes aegypti, vetor transmissor da Dengue, Chikungunya, Zika Vírus e Febre Amarela. Trata-se do Sistema de Georreferenciamento que será implantado pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Nesta terça-feira (5), houve um treinamento com os 95 agentes de endemias, que trabalham nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde com os técnicos da empresa que criou o sistema, o diretor da Caltech Informática , Celso Tatizana.

Participaram da reunião do secretário municipal de Saúde, Valmir Pinto, a diretora da Vigilância Epidemiológica Eleine Bertacco e o presidente do Comitê de Combate à Dengue e Leishmaniose, Carlos Rocha Santana (Kal).

Segundo o secretário da saúde, o sistema trará mais agilidade, confiabilidade e irá ajudar a combater de forma mais rápida e eficiente as infestações do mosquito. “Todos os agentes comunitários de saúde poderão participar e ajudar a detectar os focos, pois para fazer os bloqueios é necessário ter informações precisas sobre a localização dos focos. Este sistema é mais rápido e preciso e irá nos ajudar a nortear as ações”, disse o secretário.

O idealizador do programa disse que o sistema é totalmente integrado, ou seja, “conversa” com o sistema da Sucen – Superintendência de Controle de Endemias dos Estado de São Paulo, estudou todas as etapas do trabalho realizado pelos agentes. “Todos vão poder enviar informações diretamente para o sistema da Sucen, por meio dos tabletes ou dos celulares, e o mais interessante, vamos economizar tempo, papel, e mais, não é necessário estar em locais onde exista sinal de internet, pois o sistema armazena os dados e envia quando está conectado a uma rede, ou seja, não há retrabalho por falta de sinal”, afirmou Tatizana.

Kal, que preside o Comitê desde 2014 , afirma que o sistema vai permitir aumentar o número de pontos visitados por dia e que até mesmo moradores poderão baixar o aplicativo e indicar os focos de larvas.

Os sistema, que está em fase de implantação, estará totalmente ativo em 2018 , quando serão disponibilizados os equipamentos para os agentes trabalharem e desta forma, automatizar o processo de vistoria das residências.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Versão para impressão Imprimir

Galeria de Fotos

  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria

Últimas Notícias

acesso rápido

Pesquisa


Mais Acessados

Destaques

Denúncia CCZTelefones Procon

Fale com a Prefeitura

Canal direto para você entrar em contato e tirar dúvidas, solicitar informações, etc...

Encontre-nos



MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE
Av. Coronel José Soares Marcondes nº 1200. CEP: 19010-081
Presidente Prudente - São Paulo Telefone: (18)3902-4400
CNPJ: 55.356.653/0001-08