Em novo projeto, SMS é enviado a pacientes que agendam consultas em unidades de saúdeGoverno de Presidente Prudente
FALE CONOSCOPresidente Prudente é bom viver aqui

RSS Notícias

Em novo projeto, SMS é enviado a pacientes que agendam consultas em unidades de saúde

Sexta-feira, 6 de Setembro de 2013

Em novo projeto, SMS é enviado a pacientes que agendam consultas em unidades de saúde

A tecnologia avança cada vez mais a favor da saúde em Presidente Prudente. Um novo projeto da Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação (Setec) confirma esse cenário. De acordo com o secretário da Setec, Rogério Marcus Alessi, a novidade, que começou pra valer ontem (05/09), funcionará da seguinte maneira. “Todos os pacientes que têm consultas agendadas receberão na véspera da mesma um torpedo no celular, enviado pela Secretaria de Saúde, lembrando desse agendamento, informando, inclusive, o nome do médico, o horário do compromisso e a unidade de saúde. O envio é feito de forma automática todos os dias no início da manhã”, relata.

E em apenas um dia, a ação refletiu em resultados positivos que já puderam ser constatados nesta sexta-feira (6). A paciente da Unidade de Saúde do Jardim Guanabara, Lucilene Camargo Augusto, 35 anos, que recebeu o SMS, diz ter gostado da iniciativa. “Tenho uma cabeça oca. Há uns dias atrás tinha consulta no dia 4 e vim no dia 3. Se tivessem me avisado antes eu não teria vindo a unidade com antecedência”, lembra, aos risos. Ele complementa dizendo ter aprovado o projeto. “Muita gente esquece da consulta devida a correria do dia a dia, as preocupações. Com certeza o envio de mensagem vai diminuir o número de pessoas que não vêm a consulta por esquecimento”, complementa.

Já a paciente da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Jardim Belo Horizonte, Juliana Correa Silva Ferrari, 24 anos, conta que lembrava da consulta e que estranhou o recebimento do SMS, já que antes nunca havia recebido. “Sei que o AME [Ambulatório Médico de Especialidades] tem, mas o município não sabia”, aponta. Indagada de que o projeto teve início ontem (5), sem titubear ela afirma que aprova a iniciativa. “Muitas pessoas não vêm porque esquecem ou perdem a carteirinha do agendamento. O envio de mensagem vai auxiliar as pessoas a não esquecerem da consulta”, pontua.

Para a dona Aparecida Cavasso, 51 anos, também paciente do Belo Horizonte, o envio de SMS fará com que ela não precise mais colar um lembrete na porta da geladeira. “Há dois meses tinha uma consulta e esqueci. Depois que remarquei, para não correr o mesmo risco, pendurei um lembrete na geladeira. Se antes tivesse este envio de mensagem, não teria esquecido. Mas agora, com o projeto, não esquecerei e não precisarei mais colar lembrete na geladeira”, frisa, aos risos.

A enfermeira gerente da unidade do Jardim Belo Horizonte, Juliana Munhoz Barres Passone, acredita que o projeto vai funcionar, uma vez que, segundo ela, há a perda de consultas por conta dos pacientes faltarem. Ela enumera que na ESF são mais de 50 atendimentos nas áreas de clínico geral, nutrição, fisioterapia, assistência social, psiquiátrica e pediátrica. “Na unidade, para não perdemos tanto, trabalhamos com vaga de encaixe. Ou seja, se um paciente falta e outro procura a unidade, já o encaixamos. Mas com o envio de SMS, acredito que esse quadro de faltosos vai melhorar. Aliás, esse é o intuito do projeto e o que queremos”, salienta.

Custo Operacional – De acordo com Alessi, a Administração Pública está gastando R$ 0,08 por mensagem, o que ele considera um valor baixo se levado em consideração a diminuição na sobra de consultas pelo motivo de falta dos pacientes. “É um investimento baixo que vale a pena. Todos envios são de forma automática, não tem processo manual envolvido, exceto na unidade onde há a coleta do número do celular. Pedimos para que a população, no momento em que faz o agendamento na unidade, nos informe o número do celular para que possamos lembrá-la da consulta agendada”, pondera.

“De forma barata, simples e que esperamos ter um retorno em ganho de qualidade e também em aumento na produtividade, uma vez que as pessoas que esquecem a consulta acabam remarcando em outro momento. Esperamos com isso, ao reduzimos o esquecimento dos pacientes, aumentar o número de atendimentos”, emenda.

Processo informatizado – O secretário da Setec, lembra que todos os pacientes são cadastrados nas unidades e que as mesmas já fazem uso do prontuário eletrônico e o cadastro conta com número do celular. “Hoje em dia praticamente todo mundo tem um número de celular. Mesmo que a consulta seja para uma criança, as unidades de saúde estão sendo orientadas a colherem o número do celular da mãe ou do responsável para que essas pessoas possam receber esses torpedos. Desta forma a gente espera também diminuir um pouco a inadimplência, a ausência, de algumas pessoas que por algum motivo deixam de comparecer a unidade de saúde, melhorando o atendimento e estreitando a relação com os pacientes”, considera.

Aqueles que marcarem consultas e conseguirem atendimento no dia seguinte não receberão a SMS para lembrá-la, uma vez que a mesma, segundo já explicado por Alessi, será enviada no período da manhã. Essas não receberão porque evidentemente isso está fácil de ser lembrado. Aqueles que marcaram há alguns dias, por algum motivo, podem eventualmente esquecer deste agendamento, então para evitar este esquecimento, todo dia cedo a Prefeitura vai encaminhar os torpedos para lembrar da consulta do dia seguinte”, expõe. (Por Guilherme Santana)

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Versão para impressão Imprimir

Galeria de Fotos

  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria
  • Foto da Galeria

Últimas Notícias