Prefeitura atenderá déficit habitacional com a construção de 2.368 casas no João DomingosGoverno de Presidente Prudente
FALE CONOSCOPresidente Prudente é bom viver aqui

RSS Notícias

Prefeitura atenderá déficit habitacional com a construção de 2.368 casas no João Domingos

Quarta-feira, 2 de Maio de 2012

Prefeitura atenderá déficit habitacional com a construção de 2.368 casas no João Domingos

A Prefeitura de Presidente Prudente realizará neste sábado (5/05) às 9h30 da manhã no Calçadão da Maffei defronte a Praça 9 de Julho o lançamento oficial do Conjunto Habitacional João Domingos, que contemplará 2.368 famílias de baixa renda de zero a três salários mínimos. O conjunto habitacional construído na região norte da cidade integra o Programa Minha Casa Minha Vida do governo federal viabilizado através do convênio com a Caixa Econômica Federal. De acordo com o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Laércio Alcântara, o investimento na construção das casas populares é de mais de R$ 150 milhões. O secretário lembra ainda que outros conjuntos habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida já estão em fase de implantação na região do Brasil Novo, para atender mais mil famílias com a construção dos residenciais: Tapajós; Bela Vista I e Cremonezi.

Conforme Alcântara, com a conclusão dos conjuntos habitacionais serão entregues mais de três mil casas populares. “Trata-se do maior programa de lotes urbanizados da história de Prudente viabilizado pelo prefeito Milton Carlos de Mello ‘Tupã’ (PTB). Com isso, a Prefeitura deverá atender quase 100% do déficit habitacional na cidade”, revela o secretário. O secretário lembra que as inscrições já foram realizadas em gestões anteriores, inclusive com o último cadastro realizado em 2009 no Centro Cultural Matarazzo que recebeu cerca de 30 mil inscrições. As famílias contempladas contarão com toda infraestrutura, incluindo rede de água, luz, esgoto e asfalto. As casas contam ainda com aquecedor solar e acessibilidade.

“A Prefeitura pretende instalar creches, escolas, dentre outras unidades públicas para atender a comunidade. Já que será um bairro ainda maior que o Ana Jacinta que conta com 2.500 casas populares”, compara o secretário. Ela explica que na mesma região da zona norte da cidade serão mais de três mil casas populares incluindo o conjunto habitacional João Domingues, que ficará ao lado dos residenciais Tapajós, Bela Vista e Cremonezi, somando mais de três mil famílias na região. O secretário explica que para aprovar a construção do loteamento são em média quatro anos, por isso, o prefeito agilizou o processo de aprovação deste o início da gestão. O prazo de conclusão do conjunto habitacional João Domingos será de 24 meses.

O secretário lembra que para o programa Minha Casa Minha Vida não haverá novas inscrições, já que as famílias já foram inscritas. Segundo ele, serão priorizadas as famílias que constam no Cadastro Único (CadÚnico) da Secretaria Municipal de Assistência Social, que são atendidas pelo programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Versão para impressão Imprimir

Últimas Notícias